como implementar Edge Computing

O mercado de tecnologia segue em crescimento exponencial, pautado principalmente pela transformação digital em decorrência do coronavírus. Por isso, a demanda por ambientes mais confiáveis, seguros e disponíveis vem ganhando mais atenção nas empresas. Neste cenário, saber como implementar Edge Computing – termo em inglês para Computação de Borda – é a solução solução ideal para o crescimento de empresas de todos os tamanhos

Quer saber mais, acompanhe o artigo até o final que a gente te explica!

Mas o que é Edge Computing?

Edge Computing é uma tecnologia que usa micro Data Centers que coletam e armazenam os dados para que sejam analisados em tempo real perto da fonte de coleta de dados. Por isso, não precisam ser carregados diretamente na nuvem ou para um processamento de dados centralizado.

Um exemplo simples é que quando falamos sobre dispositivos inteligentes, os dados registrados por eles são encaminhados para nuvem, mas com a implementação da Edge Computing, esses dados são “classificados” no próprio dispositivo ou próximo dele, o que reduz o tráfego e a necessidade de envio dos dados. 

É importante destacar que apenas uma parte dos dados são enviados aos Data Centers, os demais são processados nos extremos de uma rede. Por isso, saber como implementar Edge Computing na sua empresa é sinônimo de investir em segurança e rapidez.

Como implementar Edge Computing?

Se a sua empresa deseja avançar no uso da tecnologia como parte de uma estratégia, colocando a virtualização e a modernização em prática, então é necessário saber como implementar a Edge Computing.

Isso porque a maioria das empresas armazena, analisa e gerencia dados em uma nuvem pública ou em um ambiente de nuvem privada. Porém, essa infraestrutura tradicional pode não atender alguns requisitos.

Edge Computing: o que você precisará saber para implementar

Buscar bons parceiros

Com boas alianças globais e locais, você consegue fazer com que aplicativos, produtos e soluções que fazem parte do ambiente de TI andem juntos.

Invista em segurança

É necessário sempre pensar no risco de vulnerabilidade de segurança desde o princípio. Por isso, é importante implantar uma abordagem de segurança multicamadas para assegurar que os ativos sejam protegidos de forma correta.

Planeje as ações

Esse é o item principal. É sempre importante pensar no uso da tecnologia como parte de uma estratégia de automação.

Aplique a tecnologia para coletar dados

Os profissionais de TI devem definir quais dados podem ser trabalhados por dispositivos locais e/ou de ponta, onde retê-los, o que deve ser relatado às plataformas administrativas e que cronograma deve ser entregue.

Utilize a virtualização e a modernização na prática

Você já deve saber que para modernizar é necessário virtualizar, certo? Isso faz um sistema rodar dentro de outro, fazendo com que várias operações ocorram simultaneamente e proporcionando diversos benefícios. 

Benefícios da Edge Computing

como implementar Edge Computing
O que é e como implementar Edge Computing

Bom, se você leu até aqui já percebeu a importância de implemetar Edge Computing na sua empresa, mas se você ainda tem dúvida, separamos mais benefícios que ela proporciona:

  • Reduz os custos de uma rede;
  • Aumenta o controle sobre o tráfego dos dados;
  • Diminui impactos de falhas de serviço;
  • Melhora a proteção de dados sensíveis;
  • Reduz atrasos de transmissão.

Edge Computing é na AMTI

A sede da AMTI, localizada em Maringá, no Paraná, já está preparada para oferecer Edge Computing aos clientes. A empresa conta com múltiplas opções de abastecimento de energia e de serviços de fibra óptica, garantindo a redundância dos sistemas e aumentando a confiabilidade, segurança e disponibilidade dos ambientes nela hospedados.

Da sede da AMTI partem as fibras ópticas que atendem um perímetro de mais de mais de 200 km com latência de rede local. Isso se traduz em um grande diferencial para a implementação de Edge Computing, pois rompe o paradigma de dados via Internet.

Rapidez na transferência de dados

Um dos exemplos dessa velocidade e disponibilidade é o de um cliente da AMTI localizado em Londrina, a 100 km de distância, onde a transferência de dados apresenta latência de menos de 2 milisegundos. Dessa forma, isso significa uma performance melhor do que a troca de dados de um celular com o computador, mesmo quando conectados à mesma rede.

Assim, os serviços de Computação de Borda representam 50% do faturamento da empresa. Atualmente 10 clientes da AMTI já utilizam essa tecnologia e são os maiores do portfólio da empresa. Outras 50 companhias utilizam os serviços da AMTI relacionados à nuvem.

Edge Computing em crescimento acelerado

Por fim, além das vantagens citadas acima, são inúmeros os benefícios de como implementar Edge Computing. Prova disso é que o Gartner prevê crescimento de 23% nos gastos mundiais com nuvem pública puxado por tecnologias como conteinerização, virtualização e Edge Computing. Por isso, fique sempre ligado no Blog da AMTI para mais informações e novidades!

Categories:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *