Dia da internet segura

No último dia 28/01 foi celebrado o Dia Internacional da Proteção de Dados. E este é o segundo ano em que o dia internacional pode ser comemorado com plena vigência da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Mas você também já ouviu falar do Dia da Internet Segura, comemorado no dia 08/02?

A data é uma iniciativa anual e tem muito o que nos conscientizar sobre segurança online. Afinal, com o sequestro de dados crescendo 92% no Brasil, a proteção é uma pauta que precisa fazer parte da nossa rotina.

Entenda qual a importância dessas datas, como surgiram e confira também nossas 10 dicas para se proteger online! Assim, vai dar tempo de você comemorar o Dia da Internet Segura com a tranquilidade de que seus dados estão salvos. Boa leitura!

Dia Internacional da Proteção de Dados

Anualmente, o dia 28/01 é o Dia Internacional da Proteção de Dados.  É a data na qual governos e entidades privadas de todo o mundo divulgam informações e fomentam iniciativas visando a proteção das informações pessoais dos cidadãos.

Isso vale tanto para medidas de bom uso quanto para os perigos disponíveis na internet, com golpes e fraudes aguardando apenas um descuido para serem realizadas.

Então o que é o Dia da Internet Segura?

O Dia da Internet Segura, ou Safer Internet Day, é uma iniciativa anual para envolver e unir os diferentes atores, públicos e privados, na promoção de atividades que conscientizam sobre o uso seguro, ético e responsável. Essa conscientização vale para TICs, escolas, universidades, ONG’s e na própria rede.

Nesse sentido, o Dia da Internet Segura foi criado pela Rede Insafe na Europa. A iniciativa reúne mais de 200 países para mobilizar usuários e instituições em torno da data e estimular um uso livre e seguro.

Segundo a Safernet, as ações do Dia da Internet Segura podem acontecer entre janeiro e fevereiro, online e offline em diferentes contextos.

Em 2022, o Dia da Internet Segura será em 08 de fevereiro. A iniciativa tem patrocínio de grandes empresas como Google, Meta, TikTok, Youtube, Vivo, Twitter, Unicef, Febraban, Uol e muito mais.

Além disso, a Safernet promove dicas de atividades presenciais e online, e também materiais de apoio para quem quiser participar do Dia da Internet Segura. Veja aqui os materiais e atividades para se proteger online.

O Guia de Ação do Dia da Internet Segura

O tema da 14ª Edição do evento no Brasil segue: “Juntos por uma Internet mais positiva”. E é por isso que a AMTI ajuda e participa dessa campanha pela positividade online.

O Guia de Ação da Safernet sugere três passos simples para participar, seja você escola, instituição ou coletivo:

  1. Coloque o assunto em pauta
  2. Convide um grupo de alunos/colegas/coletivos a participar
  3. Defina o tipo de atividade a ser desenvolvida e apresente materiais de estímulo adequados sobre o tema

Para te ajudar ainda mais, destacamos 10 dicas para se proteger online. Confira cada uma e coloque em prática desde já, não precisa esperar a data!

> Leia também: Custo dos ataques de ransomware dobrou e passa de U$ 2 milhões

10 Dicas para se proteger online

Atualmente é importante ter um pé atrás na hora de inserir os dados pessoais na internet. Não faltam grupos mal-intencionados prontos para vender dados por um preço alto. Desse modo, empresas conseguem anunciar e se comunicar com você de forma mais direta, de acordo com seus gostos pessoais.

Ainda assim, existem maneiras de se proteger dos vírus e armadilhas, e se manter seguro na internet. Confira algumas dicas de segurança na internet:

Links com notícias ou histórias curiosas no WhatsApp ou Facebook são grandes riscos. As histórias mais absurdas são usadas por hackers para enganar usuários e roubar seus dados.

Portanto, a dica aqui é que faça uma pesquisa antes de clicar em links estranhos. Verifique a informação de sites confiáveis, como por exemplo portais de notícias.

2 – Tenha senhas fortes e não as salve

Primeiramente, quando você cria uma conta nova em algum site ou app, provavelmente o Google já sugeriu uma senha com caracteres diferentes. Assim, essa senha é um exemplo de senha forte que pode proteger seus dados na internet.

A melhor dica é usar senhas que misturem letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais.

Sempre que puder, use senhas diferentes para cada site e rede social. Afinal, usar a mesma senha em tudo facilita o roubo de dados.

Além disso, não salve suas senhas no computador, muito menos em dispositivos de uso compartilhado. Se puder alterá-las periodicamente, melhor ainda.

3 – Não instale softwares suspeitos

Cuidado com softwares e outros downloads suspeitos. Na dúvida, não instale. Frequentemente os programas podem estar infectados e conter malwares com o risco de roubar dados do seu computador. Assim, opte por softwares de empresas que já conhece.

Ao mesmo tempo, cuide também com softwares e outros donwloads, pois eles também podem te levar a problemas. Jogos, filmes, músicas… todos podem ser um risco de baixar algum vírus. Por isso, faça download de sites confiáveis.

Além disso, é preciso se atentar às extensões de navegadores. Escolha os plugins de empresas conhecidas e com boas avaliações.

4 – Verifique o certificado de segurança do site

Do mesmo modo que você sabe que não pode deixar documentos à mostra, não fique exposto demais na internet. Para proteger os seus dados em sites que precisam de cadastro, verifique o certificado de segurança deles antes mesmo de inserir as suas informações.

Existem duas maneiras de saber se o site é seguro e que não irá roubar os seus dados.

  • Verifique se ao lado esquerdo do site que você digitou, existe o símbolo de um cadeado. Ele garante que a conexão é segura.
  • Veja se na URL, ou seja, se no endereço do site possui a sigla “https”. Esse “s” significa que a conexão é criptografada e que os seus dados estão protegidos. Exemplo: “https://gmail.com/”.

5 – Comece a utilizar a aba anônima para pesquisas específicas

Você já se sentiu “perseguido” por um anúncio pouco depois de pesquisar sobre um produto?

Isso acontece porque quando você faz uma pesquisa, normalmente está logado com o seu e-mail. Por isso, todas as informações relacionadas ao seu comportamento online estão sendo salvas.

Portanto, ao utilizar a aba anônima para pesquisas específicas, você não deixa rastros e garante mais segurança na internet.

Para utilizar uma aba anônima, basta clicar no ícone de três pontinhos no seu navegador e selecionar “Nova janela anônima”. Geralmente, esse ícone fica localizado no canto superior direito.

6 – Atenção na hora de navegar com Wi-Fi gratuito

Quem nunca chegou em um estabelecimento e foi logo pegando o celular para ver se tinha Wi-Fi de graça que atire a primeira pedra.

O acesso gratuito à internet nesses locais pode ser arriscado se você precisar inserir informações sigilosas, como logins, dados de trabalho e senhas de banco.

Nessas ocasiões, dê sempre preferência à internet 4G do seu smartphone. Assim, você navega por uma internet que é sua e não corre o risco de ter os seus dados vazados por um Wi-Fi gratuito.

7 – Atualize seu antivírus

Definitivamente, o antivírus é sua defesa contra os malwares da internet. Desse modo, ter um antivírus atualizado é uma das melhores saídas para obter proteção.

Por isso, faça as renovações assim que for solicitado – ou em um prazo semanal – e evite passar muito tempo sem utilizá-lo. As versões pagas são mais completas e com mais garantias de segurança.

8 – Não acredite em superpromoções da internet

Propagandas de objetos com descontos astronômicos, em sites que você nunca ouviu falar, e anúncios de que você foi o milionésimo a acessar alguma página na internet são indícios de que há algo errado.

Como resultado, um vírus pode invadir seu computador, caso clique em links encontrados em situações parecidas, e ter acesso aos seus dados pessoais.

> Leia também: Cibercriminosos perseguem usuários do PIX. Entenda!

9 – Fique atentos aos falsos e-mails e anexos

Eventualmente os e-mails são corrompidos e falsos e-mails caem na sua caixa de entrada. É muito comum se tratar de assuntos como traição, emprego, dinheiro e rastreamento de encomendas. Por isso, lembre-se sempre de não clique em links ou anexos enviados por endereços virtuais desconhecidos. 

10 – Invista em cibersegurança

Definitivamente, a proteção ficou muito mais complexa. Se você tem uma empresa que atua mesmo que minimamente no mundo digital, a segurança na internet precisa ser uma preocupação constante.

Existem ainda outros cuidados específicos para uma proteção redobrada às empresas. Por exemplo, com o uso da nuvem pública, mesmo as startups podem ter o nível de segurança de um grande banco.

> Leia também: Segurança em nuvem reduz custos de 79% das empresas

Além disso, as pequenas empresas têm a vantagem de poder investir mais tempo no trabalho de conscientização da equipe. Como resultado, elas conquistam uma cibersegurança boa com mais agilidade.

Dia da Internet segura: mais que modismo, uma necessidade

Então, mesmo que sua empresa seja pequena, o investimento em cibersegurança é uma necessidade. Assim como promover esse conhecimento e compartilhar boas práticas pode ajudar a sua e outras empresas a reduzir riscos.

Na AMTI, nossos clientes não se preocupam com sua operação de backup. Isso porque nossas ferramentas, processos, automações e supervisões asseguram que a política de segurança definida seja executada.

Seja pela Cloud, pela Borda ou pela computação local, com nosso serviço de Backup Gerenciado você será comunicado, caso esteja operando fora de conformidade. Além disso, nossos analistas atuarão proativamente na solução – antes mesmo que você perceba. 

Quer mais motivos para contratar a AMTI? Então aqui vai!

A AMTI é uma das poucas empresas brasileiras a conquistar o padrão de excelência internacional em Segurança da Informação. Trata-se da certificação CISSP – Certified Information System Security Professional, obtida por Stéfano Schotten, fundador e CEO da empresa. Portanto, ela visa a excelência internacional em Segurança da Informação e é emitida por uma das mais prestigiadas organizações em segurança cibernética, o (ISC) ².

Por fim, crie sua cotação para Backup Corporativo com quem mais entende se segurança da informação!

Categories:

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *