Nos últimos meses foram orquestrados ataques cibernéticos contra empresas como Benner, Lojas Renner, Cosan, Braskem, Fleury e JBS. Tais ataques mostraram que esse tipo de crime encontrou ainda mais brechas importantes durante a pandemia. Só o Brasil foi alvo de mais de 3,2 bilhões de tentativas de ataque no primeiro trimestre. Esse volume dobrou em relação aos três primeiros meses de 2020 e a demanda por serviços de segurança também cresce. Contudo, nesse cenário, a AMTI conquistou um padrão de excelência internacional em Segurança da Informação.

A certificação CISSP – Certified Information System Security Professional foi emitida para o CEO da empresa Stéfano Schotten pelo (ISC) ², referência mundial em segurança cibernética.

> Leia mais: Ransomware tirou as Lojas Renner do ar: por que investir em Disaster Recovery?

CISSP: excelência internacional em Segurança da Informação

Os ataques cibernéticos cada vez mais frequentes exigem que os profissionais de TI estejam ainda mais capacitados, com as melhores práticas de segurança da informação e operação.

Então, a busca por uma certificação de excelência internacional em Segurança da Informação levou Stéfano Schotten, fundador e CEO da maringaense AMTI, aos Estados Unidos. A ideia era estudar para obter a certificação em uma das mais prestigiadas organizações em segurança cibernética, o (ISC) ².

Destacamos queStéfano é o mais recente brasileiro a obter a certificação CISSP – Certified Information System Security Professional que visa a excelência internacional em Segurança da Informação.

Como um profissional certificado de segurança de sistemas de informação pelo (ISC)², Stéfano utilizará seu know-how à responsabilidade técnica e curadoria da operação da maringaense AMTI.

Excelência internacional em Segurança da Informação é na AMTI

Fundada em 2005, a AMTI é uma empresa especializada em MCSP (Managed Cloud Service Provider), Engenharia de Datacenters e construção de ambientes estáveis, escaláveis e flexíveis. Assim, seu foco está na sustentação dos negócios de seus clientes, agora reforçado com o certificado de excelência internacional em Segurança da Informação

Em 2017, a AMTI foi precursora em ofertas de computação de borda e tem apostado nesse nicho que não para de crescer. Seu portfólio de clientes é composto por grandes marcas como Aldo Componentes Eletrônicos, Unimed, Fortgreen, Ferrari Zagatto e G10 Transportes, entre outras. Além disso, conta com multinacionais atuantes nos setores agro e industrial. Possui, ainda, infraestrutura própria sem vínculos com multinacionais e mantém os dados 100% em território nacional.

Certificação CISSP

Stéfano Schotten, fundador e CEO da AMTI explica que a certificação CISSP é um standard. E, assim, trata-se da mais prestigiada no que se refere a segurança de dados e Data Operations Protection.

“Agora, a responsabilidade técnica e a curadoria da operação da AMTI ficam protegidas por um profissional CISSP, excelência internacional em Segurança da Informação, dentro de dois frameworks de segurança.

Trata-se do NIST, Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia, uma agência governamental não regulatória da administração de tecnologia do Departamento de Comércio dos Estados Unidos. Conta, também, com a ISO 27001, que atesta as estruturas de segurança da informação para a proteção de dados”.

Status privilegiado

“Estou extremamente honrado com essa conquista, já que menos de 150 mil pessoas em todo mundo alcançam o padrão de qualidade da certificação CISSP. No Brasil, mesmo sem um número específico, são poucos os profissionais que possuem esse status. Se formos pensar no estado do Paraná, o número é ainda menor. Portanto, essa certificação atesta a AMTI como uma das poucas empresas no país comandada por um profissional certificado de segurança de sistemas de informação, emitido pelo (ISC)²”.

Essa conquista deve aumentar ainda mais a confiança dos clientes da AMTI em computação de borda, nuvem e datacenter. Deve, ainda, colocar a empresa em rota de crescimento acelerado.

Crescimento em 2020

Em 2020, a AMTI cresceu 45% em clientes únicos e o faturamento apresentou aumento de 80% em relação a 2019.  E, para este ano, a expectativa é de crescer 50% em relação ao ano passado.

Nesse contexto, os serviços de Computação de Borda representam 50% do faturamento da empresa. Já, os 10 clientes da AMTI, atualmente, utilizam essa tecnologia e são os maiores do portfólio da empresa. Outras 50 companhias utilizam os serviços da AMTI relacionados à nuvem.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *