tendências tecnológicas para os próximos anos

Olhando pelo retrovisor, você classificaria os avanços tecnológicos que testemunhamos ao longo dos últimos 10 anos como altamente tecnológicos? O que dizer dos voos espaciais, da proliferação de drones, do avanço dos veículos 100% elétricos, da aproximação cada vez mais rápida dos carros autônomos ou da realidade virtual? Pensando nisso, listamos o que consideramos ser as 9 principais tendências tecnológicas para os próximos anos. Concorda conosco? Deixe a sua opinião e compartilhe seus insights com os amigos.   

Tendências tecnológicas para os próximos anos

Voos espaciais

Os dois voos suborbitais realizados com sucesso no mês de julho recolocaram o espaço sideral novamente na pauta global. Já que muitos ainda desconhecem esse tipo de voo, permita-nos resumir: uma aeronave sobe até um ponto máximo e então despenca em queda livre de volta à Terra. Por isso, a sensação é a de estar em órbita, sem os efeitos da força da gravidade.

Uma das curiosidades da nave, que na verdade parece uma cápsula, é que ela funciona de forma autônoma, ou seja, sem piloto. É, sem dúvidas, um avanço considerável desde que, há 52 anos, o primeiro homem pisou na lua no dia 20 de julho de 1969.

No ano passado, outro tipo de voo também trouxe excelentes avanços tecnológicos. Uma divisão da SpaceX lançou satélites para levar internet às regiões mais remotas do planeta. Estes e outros avanços nos deixam ansiosos por tudo o que ainda está por vir ao longo dos próximos 10 anos.

Realidade Virtual

A segunda tendência da nossa lista traz um dos assuntos mais vistos nos últimos tempos: a realidade virtual. Trata-se de uma tecnologia de interface capaz de enganar os sentidos de qualquer usuário, tudo isso por meio de um ambiente virtual.

Vale ressaltar que o equipamento foi criado a partir de um sistema computacional. Se você ainda não experimentou, alguns equipamentos permitem um “mergulho” completo em um ambiente simulado, abusando de efeitos visuais, sonoros e até táteis.

Uma curiosidade sobre a realidade virtual é que o google já têm um aplicativo que se chama “Google’s Expedition”. Ele possibilita que usuários e estudantes conheçam locais de forma cada vez mais similar à uma visita física com o uso da VR.

Outra curiosidade ganhou as manchetes recentemente. É que a realidade virtual vem sendo amplamente apontada como uma das tendências tecnológicas que mais cresceram durante a pandemia do coronavírus.

Drones

Ouvimos falar muito sobre esse equipamento tecnológico nos últimos tempos. E parece que esse é só o começo. Os drones são um tipo de aeronave de pequeno porte comandada de forma remota por um usuário. E, para fazer o equipamento voar, a pessoa pode usar um controle virtual na tela do celular/tablet. Também existe o modo mais avançado, que permite voos remotos por meio de um dispositivo com rádio controle.

O equipamento tecnológico avançou tanto que podemos já são usados por diversos serviços. Inclusive, no último ano, uma plataforma de refeições recebeu o aval da Agência Nacional Aviação Civil (Anac) para realizar entregas por meio de voos experimentais com drones, como serviço de delivery. Quem mais está ansioso para ver isso no dia a dia?

Carros elétricos e autônomos

É loucura pensar que até pouco tempo esse tipo de veículo parecia um sonho distante, saído das telas dos filmes de ficção cientifica, não é mesmo? Mas não é que no último ano foi lançado o primeiro carro elétrico autônomo no Brasil? E pasmem: o automóvel pode ser controlado por um celular.

Dentre tantos equipamentos que o carro do modelo “Hitech Electic” contém estão o sistema autônomo com sensores LiDAR, GPS e câmeras de alta resolução. Com esse veículo, você consegue detectar quebra-molas, semáforos e até pequenos obstáculos que apareçam em um raio de até 50 metros. Esse tipo de serviço pode ajudá-lo a desviar de pessoas, postes, ciclistas e até mesmo outros veículos.

Esse é apenas um dos futuros dessa tecnologia que, com certeza, ainda vai dar muito o que falar. Pode anotar!

Inteligência Artificial

Essa com toda certeza é uma das tendências tecnologia que mais cresceu nos últimos tempos. Para quem não conhece a Inteligência Artificial (IA), é uma área da ciência da computação que busca simular um processo humano capaz de demonstrar comportamentos inteligentes.

Um dos exemplos em que você conseguirá identificar o uso de Inteligência Artificial é o Siri, um tipo de assistente pessoal. Também temos o reconhecimento facial, serviços de streaming, Alexas, aplicativos de mapas, entre tantos outros que você com certeza já usa no dia a dia.

Em resumo, o Brasil vem crescendo no uso de Inteligência Artificial. De acordo com os dados divulgados por um relatório feio pela Oxford Insights, o Brasil se encontra em 40º lugar entre 192 países no uso de soluções com inteligência artificial. A expectativa é que o avanço da tecnologia movimente US$ 15 trilhões mundialmente até 2030.

Robôs

Um entre as principais tendências tecnológicas para os próximos anos é o uso de robôs! Um ambiente de trabalho com robôs por todo lado está se tornando uma possibilidade cada vez mais plausível. Atualmente esses equipamentos vêm sendo usados em segmentos antes considerados tradicionais, tais como medicina, agricultura, meio ambiente, varejo, educação e gastronomia, apenas para citar alguns.

Casas Inteligentes

As casas inteligentes ainda não são tão comuns assim no Brasil, mas isso já está começando a mudar. O conceito de residência inteligente é tornar a vida do morador mais tranquila com as vantagens que ela traz, tais como segurança e economia. Elas trabalham com o intuito de aumentar o conforto das famílias e serem mais sustentáveis e fáceis de gerenciar.

Vale ressaltar que as casas inteligentes têm a possibilidade de economizar com o uso dos eletrodomésticos e ampliar a segurança com os alarmes e sensores de movimento e de calor. Além de ser ideal para idosos e pessoas com deficiência (PcD) por auxiliá-los em algumas tarefas diárias. Enfim, são muitos benefícios potenciais para tantas pessoas.

Energias renováveis

O uso da energia renovável também vem crescendo bastante nos últimos anos. A energia renovável é aquela que está sempre ali disponível para usar. E o melhor, sem se esgotar, como acontece com a energia solar.

Como havíamos dito, o seu uso segue em constante crescimento, principalmente por ajudar a melhorar a economia e reduzir impactos ambientais. Tanto que, mesmo com as dificuldades causadas pela pandemia do coronavírus, o uso de energia solar cresceu 70% no Brasil, em 2020.

Serviços em nuvem e Edge Computing

Ambos são uma realidade e um caminho sem volta. Os serviços em nuvem são computadores espalhados pelo mundo, capazes de oferecer informações a qualquer pessoa com acesso a eles.  Já o Edge Computing é um setor tecnológico que está ligado à internet das coisas e funciona coletando dados e rodando sistemas diretamente nos dispositivos e máquinas.

Aqui na AMTI, empresa especializada em MCSP (Managed Cloud Service Provider), Engenharia de Datacenters e construção de ambientes estáveis, escaláveis e flexíveis, temos essas duas opções em funcionamento.

Os serviços em nuvem são oferecidos desde 2015 com aprimoração constante desde então, utilizando soluções de software para Datacenter. Já a computação de borda é utilizada desde 2017, da qual participamos de seu lançado como pioneira no Brasil.

Gostou do artigo sobre as 9 tendências tecnológicas para os próximos ano? Poste aqui seu comentário e fique ligado em nosso blog!

Categories:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *