Com a tecnologia cada vez mais presente nos processos operacionais das empresas, é muito comum ouvirmos falar com frequência sobre segurança de TI e segurança de informações no meio empresarial, não é verdade?

Entretanto, não é incomum nos depararmos com casos de empreendedores que sofreram perdas de dados e informações por conta de negligência ou falta de conhecimento a respeito das vantagens dos investimentos no setor de TI do negócio.

O volume de projetos, arquivos, imagens, e-mails e todo tipo de dados que são perdidos diariamente não pode ser mensurado em valores, e isso acontece por conta da falta de segurança tecnológica. Por isso, no artigo de hoje, mostraremos o que é segurança de TI e como proteger sua empresa.

O que é segurança de TI?

Com seu conceito cada vez mais aderido por empreendimentos dos mais variados portes e segmentos do mercado, hoje em dia podemos afirmar que a segurança de TI tem um papel estratégico no setor empresarial. Isso porque é a responsável pelos procedimentos de proteção de toda a tecnologia do negócio, como:

  • provedores;
  • servidores;
  • bancos de dados;
  • data centers;
  • computadores, notebooks e equipamentos em geral;
  • planos de contingência de riscos, desastres e danos em TI;
  • processos de segurança de informações.

Em outras palavras, podemos afirmar que segurança de TI é uma série de estratégias e ações que visa proteger todos os aspectos tecnológicos das empresas, sendo uma peça fundamental para garantir a produtividade e funcionamento do negócio.

O que é segurança de informação?

A segurança de informação abrange uma série de aspectos muito mais amplos do que a segurança em TI, embora as duas questões sejam confundidas frequentemente.

A segurança de informação é, basicamente, um conjunto de tecnologias, ferramentas, recursos, políticas e estratégias de segurança que tem como principal objetivo proteger a empresa de diversos riscos ou problemas.

Dentre seus objetivos, podemos citar:

  • detectar inseguranças no setor de TI da organização;
  • proteger e prevenir os sistemas de ataques virtuais;
  • garantir a segurança das informações armazenadas nos servidores virtuais da empresa;
  • implementar políticas de uso de informações do empreendimento;
  • controlar o acesso de pessoas não autorizadas a dados sigilosos da corporação.

Ao investir em segurança de informação, a empresa é capaz de aumentar a credibilidade de seus sistemas, evitando o vazamento dos dados e informações relevantes, além de manter todos os seus arquivos disponíveis, seguros e acessíveis em tempo integral.

Qual a diferença entre segurança de TI e segurança de informação?

Enquanto segurança de TI foca em questões como proteção de sistemas operacionais e de infraestrutura tecnológica da empresa, a segurança de informação envolve conceitos muito mais amplos que visam proteger as informações e os dados do negócio de ameaças e ataques.

Um exemplo prático para facilitar a sua compreensão: a segurança de TI protege todo o hardware do empreendimento, focando nas máquinas e equipamentos. A segurança de informação é voltada para toda a parte de software, dados, arquivos e informações que circulam pelos servidores da corporação.

Os benefícios da segurança de TI nas empresas

São várias as vantagens de contar com a segurança de TI nos empreendimentos. Acompanhe:

  • reduz os custos operacionais por meio da automação e aperfeiçoamento de tarefas operacionais;
  • melhora a produtividade da equipe;
  • gera melhores resultados para o negócio por meio de soluções eficientes em TI, que otimizam os procedimentos cotidianos da empresa;
  • reduz gastos de manutenção com tecnologia, equipamentos, aquisição de softwares e reparação de falhas no sistema;
  • integra todos os departamentos da companhia por meio de aplicações de gestão empresarial inteligentes;
  • melhora a comunicação interna da equipe;
  • protege informações sigilosas armazenadas nos servidores e em toda a rede corporativa;
  • evita vazamento de dados e roubos de informações por funcionários ou ataques virtuais.

Como proteger a empresa com essa segurança?

Mantenha os antivírus constantemente atualizados

A função do antivírus é verificar se existem vírus ou softwares maliciosos no computador, além de evitar que eles o infectem e comprometam seu desempenho ou a integridade dos dados salvos.

Novos vírus são criados todos os dias, por isso manter seu antivírus constantemente atualizado é uma forma de otimizar a capacidade de detecção. Além disso, é preciso contratar o serviço de marcas com credibilidade no mercado.

Aumente suas barreiras de proteção da rede

A internet é a principal ferramenta de trabalho das empresas atuais, mas, infelizmente, também é a maior porta de entrada para vírus e ameaças virtuais em seus sistemas.

Portanto, é preciso aumentar as barreiras de proteção da rede, apostando em firewalls configurados de forma que otimize a segurança dos computadores a ponto de minimizar os riscos.

Eleve o nível de segurança com criptografia de dados

A criptografia de dados consiste, basicamente, em proteger dados armazenados ou ainda em trânsito, codificando-os em algoritmos que tornam sua leitura impossível sem uma chave de acesso.

Isso reduz exponencialmente as chances de fraudes e roubos de informações privadas da empresa.

Crie um plano de contingência de TI

Planos de contingência de TI são um conjunto de ações e estratégias que visa proteger o funcionamento da corporação de riscos, danos e problemas que ofereçam ameaças à produtividade da empresa. Eles também contêm táticas para recuperar o ritmo de produção do negócio, caso alguma falha da TI da corporação não seja contida.

Se algum desastre acontece e danifica o sistema, corrompendo arquivos e informações importantes, por exemplo, a organização terá cópias idênticas de todos os dados salvas em backups, pois essa solução já constava no plano de contingência de TI.

Um plano de contingência é composto pela utilização de backups, armazenamento de programas, aplicativos e sistemas operacionais de “reserva”. Tudo isso para que a operação esteja sempre preparada para retomar os seus processos exatamente de onde parou, de modo que a produtividade não seja afetada.

Estabeleça uma política de segurança de informação

Otimizar suas práticas de segurança de TI é uma estratégia eficiente para garantir que o sistema seja protegido, além de aperfeiçoar os procedimentos operacionais cotidianos.

Entretanto, é preciso estabelecer uma política de segurança de informação para condicionar os seus colaboradores a lidarem de forma segura com os dados da organização.

O nosso artigo sobre segurança de TI foi útil para você? Então, siga-nos no Facebook e LinkedIn para acompanhar todas as nossas postagens!

Categories:

Comments are closed