Agilidade no resgate de informações, disponibilidade dos dados da empresa em qualquer hora e qualquer lugar e controle de níveis de acesso são recursos que já estão disponíveis para qualquer empresa, com o armazenamento na nuvem.

Ao migrar os dados da empresa, parcial ou totalmente para a nuvem, você torna a gestão do seu negócio mais ágil e eficiente, contando com recursos que se adaptam totalmente ao seu empreendimento. Sistemas de gestão na nuvem já são realidade, assim como servidores de armazenamento de dados que permitem que seus e-mails corporativos sejam mantidos online, documentos, aplicativos, bancos de dados e outros recursos indispensáveis para a continuidade do seu negócio. E tudo isso com total controle de seus dados e recursos eficientes de segurança virtual.

Mas o que faz com que muitas empresas ainda desconfiem da facilidade que é ter documentos importantes hospedados na nuvem é a questão da segurança.  Aqui vale ressaltar que não podemos confundir a experiência de um mero usuário, com pouca ou nenhuma segurança, com a nuvem corporativa. Mas será que seus dados ficam realmente seguros?

Armazenamento interno X armazenamento na nuvem

O armazenamento na nuvem veio para substituir uma grande e cara infraestrutura de TI, ou seja, para economizar recursos, infraestrutura e até o tempo da sua equipe de técnicos e analistas.

Hoje você não precisa de servidores robustos, salas refrigeradas, manutenção constante e backups programados para salvaguardar todo o conhecimento empresarial. Basta uma boa conexão de internet e os aplicativos certos para manter tudo organizado e seguro na nuvem.

Enquanto os documentos armazenados internamente estão sujeitos a falhas humanas e tecnológicas e acidentes de trabalho que podem comprometer a informação registrada, como a queima de um HD e a falta de um backup, por exemplo, com os documentos armazenados na nuvem e com um serviço de gerenciamento desses dados, você tem total segurança de que os backups são feitos diariamente e que, mesmo que um computador falhe, você pode acessar qualquer arquivo por meio de qualquer outro dispositivo.

Mas e os vírus? E os hackers?

O medo de muitas empresas em utilizar serviços de armazenamento na nuvem está ligado a invasões de hackers e vírus. Porém, as empresas que oferecem esse tipo de serviço de guarda de documentos investem pesado em ferramentas de segurança para que todos os documentos da sua empresa sejam mantidos com o máximo de confidencialidade possível. Para que você entenda como tudo funciona, selecionamos algumas das medidas tomadas pelas maiores empresas do segmento em questão de segurança:

Controle de acesso mediante senha

Este é um dos cuidados primários que todo serviço de armazenamento na nuvem deve ter e, como sabemos, não é dos mais seguros, pois muitos hackers são experts em roubo de senhas. Entretanto, existem alguns cuidados que você mesmo pode tomar ao definir as senhas de acesso na sua empresa:

  • Uso de símbolos (@#$%&) na senha;
  • Uso de letras maiúsculas e minúsculas;
  • Uso de números, letras e símbolos;
  • Evitar datas comemorativas, como aniversário e data de nascimento;
  • Evitar nomes de pessoas próximas;
  • Evitar hobbies conhecidos de outras pessoas;
  • Evitar palavras de dicionário.

Criptografia de dados

Outra medida tomada pelos provedores de serviços de armazenamento na nuvem é a criptografia de dados, ou seja, os dados que são trocados entre os computadores da empresa e o servidor remoto são transformados em códigos que só podem ser decifrados nestas duas pontas.

Existem dois tipos de criptografia de dados: simétrica e assimétrica. Na criptografia simétrica, tanto a empresa quanto o fornecedor de serviços de armazenamento na nuvem detêm a mesma chave de decodificação. Na assimétrica, as chaves são diferentes, portanto, apenas o sistema de armazenamento na nuvem pode decodificar o que você envia.

A qualidade da criptografia de dados está relacionada à quantidade de bits utilizados: quanto maior o número de bits, mais difícil para um hacker decifrar o código. O sistema de criptografia de dados mais sofisticado do mercado é o AES 256 bits, utilizado pela maioria dos provedores de serviços de armazenamento na nuvem.

Por parte das empresas de armazenamento na nuvem, o oferecimento de conexões seguras (SSL) é indispensável para que se evite que outras pessoas interceptem seus documentos. De sua parte, é fundamental que a rede da empresa também conte com recursos como conexões SSL, para que a proteção seja eficaz nas duas pontas.

Categories:

Tags:

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *